Blog

Osteomielite

A osteomielite infecciosa no adulto é uma doença inflamatória causada por micro-organismos que acarretam destruição óssea e necrose.  Os primeiros registros da doença datam de 460 AC quando era chamada de abscesso em medula e o termo osteomielite foi cunhado em 1844. 

A infecção pode ter origem hematogênica (geralmente aguda), por continuidade (por exemplo em diabéticos com úlceras) ou por trauma/cirurgia (geralmente crônica). O agente etiológico nas osteomielites por disseminação hematogênica é monomicrobiana enquanto as demais é polimicrobiana. 

Entre os principais fatores de risco para desenvolver osteomielite estão:

- Trauma (cirurgia ortopédica ou fratura exposta)

- Uso de prótese ortopédica

- Diabete Mellitus

- Hemodiálise

- Doença vascular periférica

- Imunossupressão

-Doença articular crônica

A maioria das osteomielites em adultos são crônicas e tendem a ter poucos sintomas. Com o passar dos meses ou mesmo anos a doença pode se organizar e criar um pertuito (fístula) com drenagem de secreção. Quanto mais tempo de doença o paciente tiver maiores serão os sintomas e mais complexo é o tratamento. 

Diagnóstico e tratamento

O diagnóstico é feito através da anamnese e exame físico, exames laboratoriais, exames complementares de imagem (RNM e tomografia computadorizada) e análise microbiológica do osso infectado (biópsia óssea). O tratamento deve ser feito por uma equipe composta por ortopedista, cirurgião plástico e infectologista. O tempo de tratamento geralmente é longo e a terapêutica inclui o isolamento do(s) agente(s) etiológico(s), desbridamento cirúrgico, antibióticoterapia apropriada.

 

 

Renato Cassol - Médico Infectologista

Porto Alegre - RS