Blog

Meningite Aguda Bacteriana e Viral

A meningite é uma reação inflamatória das meninges (tecido do sistema nervoso central que reveste o cérebro e espinha dorsal) a algum agente agressor. Do ponto de vista infectológico diversos micro-organismos podem ser responsáveis pela meningite como bactérias e vírus. 

.jpg

A meningite aguda bacteriana é uma emergência médica. É uma infecção do sistema nervoso central causada principalmente pelo Streptococcus pneumoniae e Neisseria meningitidis. Os principais achados clínicos são alteração do comportamento, febre, rigidez nucal e cefaléia. O diagnóstico é confirmado através do isolamento do micro-organismo no líquor colhido através da punção lombar. A terapêutica deve iniciar o mais precocemente possível, já que o atraso contribui para pior desfecho. O tratamento é feito com antimicrobianos que possuem boa penetração no sistema nervoso central e com alvo nos principais agentes etiológicos. A associação de corticóide (dexametasona) ao esquema inicial de terapia pode ser benéfica com diminuição das possíveis sequelas e letalidade, dependendo do germe responsável. 

Outros micro-organismos podem ser responsáveis pela meningite. Dentre os vírus, o enterovírus é o mais comum (>85%) e possuem evolução geralmente benigna. O segundo vírus mais comum na meningite é o Herpes vírus (HSV-2) e pode estar associado ao herpes genital. Meningite pelo herpes vírus necessita de tratamento antiviral e o diagnóstico é feito através de biologia molecular no líquor colhido por punção lombar.

Infecções do sistema nervoso central necessitam de manejo rápido e apropriado, o cérebro e meninges são órgãos nobres e passíveis de sequelas quando atingidos por enfermidades.

Tratamento das Meningites Bacterianas

 

Renato Cassol - Médico Infectologista

Porto Alegre - RS